Carregar usuários

Geralmente não é necessário importar usuários em massa - você deveria tentar explorar formas de autenticação que não requerem trabalho manual, como a conexão a bancos de dados externos ou permitir que os usuários criem suas próprias contas. Veja a seção Autenticação, na aba de Usuários do menu de administração.

Se você quiser importar contas múltiplas de um arquivo de texto, então você precisa obedecer o seguinte formato:

  • Cada linha contém um registro
  • Cada registro é uma sequência de dados separados por vírgulas
  • O primeiro registro do arquivo é especial, e contém uma lista de campos. Isso define o formato do resto do arquivo.

    Campos Obrigatórios: esses campos precisam ser incluídos na primeira linha, e definidos para cada usuário

    username, password, firstname, lastname, email

    Nomes dos campos padrão: esses são opcionais - se não forem incluídos então os valores usados vêm do administrador principal

    institution, department, city, country, lang, auth, timezone

    Nomes dos campos opcionais: todos esses são completamente opcionais. Os nomes dos cursos são os nomes breves dos mesmos - se presente, o usuário será inscrito como aluno desse curso. Nomes de grupos devem ser associados aos cursos correspondentes, ex: group1 para course1, etc.

    idnumber, icq, phone1, phone2, address, url, description, mailformat, maildisplay, htmleditor, autosubscribe, course1, course2, course3, course4, course5, group1, group2, group3, group4, group5, type1, type2, type3, type4, type5, role1, role2, role3, role4, role5, emailstop

  • As vírgulas usadas nos dados precisam ser codificadas como &#44 - o script irá decodificar automaticamente.
  • Para campos booleanos(lógicos), use 0 para falso e 1 para verdadeiro.
  • Tipos são usados para determinar se um usuário é aluno ou professor, se um curso correspondente existe (ex: type2 corresponde a course2 ). 1 = Aluno, 2 = Professor que pode editar, e 3 = Professor que não pode editar. Se o tipo estiver em branco, ou se nenhum curso for especificado, o usuário terá o padrão de Aluno.
  • Para os cursos use o nome breve; para grupos use o nome do grupo; para funções use o id.
  • Nota: Se um usuário já estiver registrado no banco de dados do Moodle, o script retornará o número do userid (índice do banco de dados) do usuário, e inscreverá o usuário em todos os cursos especificados SEM atualizar dados existentes.

Aqui um exemplo de arquivo de importação válido:

username, password, firstname, lastname, email, lang, idnumber, maildisplay, course1, group1, type1
jonest, verysecret, Tom, Jones, jonest@someplace.edu, en, 3663737, 1, Intro101, Section 1, 1
reznort, somesecret, Trent, Reznor, reznort@someplace.edu, en_us, 6736733, 0, Advanced202, Section 3, 3

Atualizando contas existentes

Por padrão o Moodle assume que você criará novas contas de usuário, e salta registros que correspondem a contas já existentes. Entretanto, se você marcar "Atualizar contas existentes" como Sim, a conta será atualizada.

Ao atualizar contas existente você pode também mudar os nomes de usuário. Marque "Permitir renomeação" como Sim e inclua em seu arquivo um campo chamado oldusername.

Aviso: qualquer erro nas atualizações de contas existentes pode produzir efeitos muito ruins nas contas dos usuários. Tenha cuidado ao utilizar essas opções.

Índice de todos os textos de ajuda
Mostre essa ajuda na língua: English